“Em todas as coisas da natureza existe algo de maravilhoso!

jbrandaoJúlio Brandão, Júlio de Sousa Brandão (Famalicão, 9 de Agosto de 1869 – Porto, 9 de Abril de 1947) foi um escritor português.

Em 1874, a sua família mudou-se para o Porto onde viveria o resto da vida. Arqueólogo, foi também professor na Escola Infante D. Henrique, director do Museu Municipal do Porto e sócio da Academia Nacional de Belas Artes.

Enquanto escritor deixou uma vasta obra como poeta, ficcionista e publicista, marcada pela simplicidade e imaginação. Colaborou no semanário Branco e Negro (1896-1898) e em diversas revistas portuenses, com destaque para A Águia; também se conhece colaboração da sua autoria nas revistas Arte e vida (1904-1906) e Serões (1901-1911), e ainda nas revistas luso-brasileiras Brasil-Portugal (1899-1914) e Atlantida (1915-1920).

Quarto Júlio Brandão

Quarto Duplo Deluxe com Cama Extra

69864041
69864526
70005398
69864520
div

Outros Quartos

 

ccbroom

Quarto Camilo Castelo Branco

Ver quarto
indroom

Quarto Alberto Sampaio

Ver quarto
bmac

Quarto Bernardino Machado

Ver quarto